27 de set de 2013

Deve ter algo de muito errado em mim. De verdade.

24 de set de 2013

Até que ponto é bom ser bom?

Claro que o fator principal foi a substituição de alguém, mas se eu fosse enrolada não teriam me colocado na cozinha logo na minha segunda semana de trabalho lá.  Eu fiquei meio sem saber o que fazer no início, mas me adaptei como sempre. Hoje eu monto pasteis lá, só monto mesmo e quem frita é outra pessoa. e nos Domingos sou garçonete... Trabalhar numa lanchonete não é fácil, você se sente tentado a comer besteiras o tempo inteiro, mesmo tendo direito a fazer um lanche ( pastel ou cachorro quente) de graça. Porque não existe só isso la, tem batata frita, hambúrgueres e AÇAÍ. E no final do mês vem a surpresinha descontada no seu salário. Já tentei me convencer de que devo parar de ficar comendo coisas la, pois assim vou gastar todo o meu salário com coisas não benéficas ao meu organismo. kkkk chega a ser engraçado. Até agora o que tem me incomodado mais não é o calor da cozinha, mas sim o fato de estar perdendo todos os shows legais por trabalhar a noite e sair tarde d+ para ir :T O lado bom é ter minha própria graninha, e comprar o que quero... Aliás eu comprei algumas coisas e vou fazer um post sobre isso. Bem acho que é isso. Seja bom e se tente se destacar no que for fazer, tente dar o seu melhor e um dia tu será reconhecido de forma devida.

Carta de um operário - W.S

Eles vieram com suas máquinas, enquanto nossa vida campestre já nos bastava.Roubaram nossa vida simples e nos colocaram num sistema vicioso e escravo. Nossas crianças eram obrigadas a trabalhar como nós, tudo era quente e o vapor incomodava e queimava nossos narizes. Muitos morriam, mas para eles éramos apenas mais uma parte da produção. Ganhávamos pouco ou quase nada e isso se refletia em nossa alimentação, muitas vezes a comida faltava e esse era um dos motivos que nos fazia sentir falta do campo, da nossa terra. O trabalho nunca tinha fim e as horas de tão longas pareciam nunca terminar. Fomos obrigados a isso, não queríamos ver nossas  esposas e filhos sofrendo, mesmo sabendo que essa nova forma de "viver" os matava, pouco a pouco, cada dia mais. Enquanto usávamos roupas rasgadas e cheias de graxa, eles usavam ternos e sapatos de couro finíssimos e importados, o brilho de seus calçados pareciam com os brilhos dos nossos olhos, quando éramos felizes.Quando éramos felizes...Então cansamos de ser massacrados, humilhados e mortos. Quebramos aquilo que tirava nossa paz, suas máquinas, aqueles monstros de fumaça se aperfeiçoavam a cada dia. Nossa revolta era um reflexo das péssimas condições em que estávamos submetidos a viver. Fomos rechaçados, porém demos um grande passo, surgiram as greves, ah as greves... As melhorias foram poucas, quase nenhuma e o movimento continuou, havia surgido um novo monstro e esse vem sendo indestrutível até hoje... O Capital. Vivemos de forma camuflada tudo aquilo que passamos séculos atrás. As máquinas a vapor foram substituídas por computadores de alta tecnologia e nossas crianças ainda morrem trabalhando. A fome nunca saiu do nosso meio, porém além da fome natural -biológica- temos fome de liberdade, e isso muitas vezes me parece impossível.

17 de set de 2013

Passarinho


Passarinho no ninho Passa de devagarzinho Passarinho no ninho Vem me dar teu carinho Passarinho no ninho
as vezes me sinto sozinho Passarinho no ninho Canta pra mim meu bichinho Passarinho no ninho leva embora o chorinho Passarinho no ninho Faz de mim o teu ninho

14 de set de 2013

O que eu andei fazendo por ai...

Ta eu sumi completamente, como em muitas outras vezes, mas isso tem um motivo! Um não váaarios...
Pra começar estou trabalhando, shuahsua é isso mesmo. Numa lanchonete aqui perto da minha casa, surgiu a oportunidade e eu não quis jogar fora. Bem tudo está corrido agora e geralmente fico com sono agora e tô comendo muitas besteira :B sábado passado foi meu aniversário, 19 anos da minha linda existência nesse planetinha que não é meu.. Na faculdade  ta tranquilo por enquanto, só que já começaram a surgir aqueles trabalhos loucos que dão vontade de arrancar todos os cabelos kkkk. Ainda não conheci ninguém especial, mas sei que essa pessoa está a caminho :)
Ganhei meu notebook o/ kk e o outro computador ta bugado. Comprei e iniciei a leitura de livros novos, tenho muitas coisas pra compartilhar aqui só que o tempo ta muito escasso e já são quase 3 da manhã agora kkkkkkkkkkkkkk. Tô baixando lol e ta demorando, por isso resolvi dá uma passadinha aqui :)
Boa madrugada à todos, XO.